• Campezzo

Mulheres que nos inspiram


O Dia da Mulher está se aproximando... Uma data muito importante mundialmente e com um significado ainda mais relevante para nós! Sabe o por quê? Bom, vou contar: Antes de a Campezzo existir, existia a Maria, nossa fundadora, que desde 1991 trabalhou com bolsas e batalhou para conseguir fundar sua própria empresa. Assim nasceu a Sim Indústria de Bolsas, uma empresa especializada na fabricação de bolsas de couros. Primeiramente trabalhando com terceirizações para outras marcas, ela e sua filha (foto) Mariélle, que se formou em moda, notaram uma lacuna no mercado que poderiam preencher e assim nasceu a Campezzo! Uma marca que busca trazer sempre a melhor qualidade possível em seus produtos, aliando tendências com designs clássicos para realmente agradar diversos estilos e desenvolver acessórios versáteis, que passam por gerações!

Uma marca feita por mulheres, para mulheres! Isso mesmo, nosso quadro de funcionários é composto em sua maioria por mulheres. E nós convidamos algumas delas para nos contar um pouco da sua trajetória profissional e o que pensam sobre a conquista da mulher pelo seu espaço no mercado de trabalho, além de escolher seu modelo de bolsa favorito para representar tudo isso! Olha o que elas falaram:

Nilva é nossa chefe de costura, está sempre cuidando para que tudo esteja no prazo e resolvendo dúvidas da equipe. Liderar um setor inteiro exige pulso firme, sabedoria e disciplina, e ela é a pessoa certa para isso!

"Ser mulher no mercado de trabalho é uma luta diária e uma grande conquista. Me acho uma mulher muito vitoriosa por tudo que batalhei e consegui, minha independência é tudo pra mim. Quando comecei a trabalhar com bolsas foi por necessidade mesmo, sai da área do calçado e fui para a parte das bolsas. Acabei me identificando e gostando muito mais dessa área e pretendo seguir trabalhando com bolsas até o dia que tiver que parar. Amo fazer bolsa! Sempre que eu vejo algo da marca eu falo com muito orgulho: essas bolsas aí é a gente que faz, passa pela mão de todo mundo dentro da fábrica e não é um trabalho fácil, é muito artesanal e nós fazemos com muito amor."


Rute cuida da pintura afio, um trabalho super delicado e manual que faz toda a diferença no acabamento da bolsa!

"Como uma mulher no mercado de trabalho eu me sinto guerreira, forte e independente! Me indicaram para trabalhar com pinturas de bolsas e eu adorei. Eu faço isso já a 7 anos! Sempre que eu vejo alguém usando uma bolsa Campezzo eu penso que tem a minha mão ali, é muito bom, eu gosto!”

Zulma é a revisora de mão cheia. Sempre feliz e calma, tem toda a paciência necessária para cuidar dos mínimos detalhes e deixar a bolsa perfeita para uso!

"Trabalhar com bolsas é uma conquista nova, eu gosto muito. Me chamaram na minha casa com urgência para trabalhar na revisão e eu disse que eu não tinha prática com revisão de bolsas, mas que poderia tentar. E agora, após muitos anos, a revisão é comigo mesmo! Quando vejo alguém usando uma bolsa Campezzo eu penso: eu não fiz ela, mas eu que revisei, eu que olhei ela, eu cortei os fios, limpei ela, deixei ela perfeita!"

Amanda é a pessoa mais jovem da fábrica. Bem tranquila e sempre simpática, dá o seu melhor e está sempre buscando se aperfeiçoar!

"É muito importante estar no mercado de trabalho, é satisfatório poder ter o próprio dinheiro. Comecei a trabalhar com o atelier da minha mãe e fui gostando. Hoje eu faço quase tudo e já estou aprendendo a modelar também, então eu gosto cada vez mais! Quando eu vejo no instagram as pessoas usando as bolsas, eu penso, nossa eu fiz essa bolsa, fico muito feliz, é muito legal!"


Loreni é nossa preparadeira que faz as maquetes das bolsas e descobre cada modelo. Ela é quem pega o modelo pela primeira vez e descobre como ele vai ser feito: pensa em todos os acabamentos e melhores maneiras de fazer para ficar perfeito!

"Adoro trabalhar, quero que Deus me de saúde sempre pra trabalhar, por que eu adoro e tenho orgulho. Tenho orgulho de ser mulher! Sempre adorei ter meu dinheiro. Meu marido até chegou a me falar para parar de trabalhar e eu nunca quis, gosto de ter meu dinheiro e a minha liberdade pra comprar o que eu quiser. A primeira vez que eu descobri o mundo das bolsas foi em 1996, eu adoro preparar bolsas… já tive oportunidade de trabalhar em outras funções, mas eu realmente gosto de preparar, desvendar a bolsa, é a minha profissão! E trabalhar aqui é muito bom. Quanto mais detalhes tem a bolsa mais eu gosto! Quero tudo perfeito! Fico muito emocionada quando vejo alguém usando uma bolsa Campezzo, é um sentimento de muito orgulho."

Bruna é preparadeira de bolsas. Ela é muito delicada e perfeccionista no que faz. Cada detalhe fica muito bem feito, isso é a diferença de fazer com amor.

"Comecei a trabalhar com bolsas bem novinha, com 16 anos, e não tinha experiência nenhuma. Antes de trabalhar com bolsas eu trabalhava com calçados e acabei me apaixonando pelo trabalho com bolsas. Me sinto super feliz de poder trabalhar com isso! Adoro ver as pessoas usando as bolsas, a primeira coisa que eu penso é que fui eu quem fiz… Quando comprei a minha saí mostrando pra todo mundo que eu tinha feito várias desse modelo!"



Mulheres fortes e guerreiras, que trabalham com amor e cuidado e acima de tudo: que amam o que fazem! Elas nos inspiram cada dia à buscar mais e melhorar sempre. Essa é nossa singela homenagem à todas mulheres que buscam pelo seu espaço!


Com carinho, Equipe Campezzo.